Páginas

segunda-feira, 16 de março de 2015

Desculpas

 (Ia postar isso em janeiro, logo que voltei de São Paulo, mas deu tilt no PC e aí eu sumi daqui - explicarei melhor no próximo post)
 
Estou me desculpando pelo sumiço, eu não tive vontade de fazer nada depois da minha última postagem, nem entrar em blogs, nem responder nada, nem ler nada, me desculpem.

Acho que é mais do que apropriado que vos deseje feliz natal e principalmente feliz ano novo, pra que a gente possa realizar, senão todas, a maioria de nossas metas nesse ano.

Eu queria fazer um super texto explicando um monte de coisa, mas eu não consigo, gente. Estou muito "blé". Não postei antes porque fui pra São Paulo no dia 24 e não consegui entrar no blog pelo meu celular e não tive acesso a nenhum computador, cheguei ontem de São Paulo e achei que devia explicações pelo sumiço.

Me diverti em Sampa, fui na exposição do Ron Mueck, da Mona Hatoum, do Salvador Dalí, da Mafalda, do DaVinci, do Castelo Rá-tim-bum e ainda fui no MAC USP.

Bom, sobre meu ex, eu discuti com ele acho que no dia 20 ou sei lá, ele me disse coisas horríveis só pra me deixar com raiva. Depois, eu ainda fui falar com ele, disse que não gostava de como tínhamos terminado as coisas e ele pediu pra eu deixar ele em paz pra ele poder seguir a vida dele e eu a minha e deixou bem claro que não tinha volta. Eu só falei com ele pra desejar feliz natal e feliz ano novo por consideração a ele e à família dele. A última vez que tinha falado com ele tinha sido dia 31, e então no dia 9 desse mês ele veio falar comigo, me mandou uma foto de um carinha babaca que a gente costumava zoar, e então a gente vem se falando e hoje ele me veio com uns papos de querer voltar. Mas eu conheci um carinha, ele disse que gostava de mim, mas não tocou mais no assunto, então eu não sei, eu quero voltar com meu ex porque sinto falta dele, mas tá tudo muito recente e tenho medo de que ele me queira só pra suprir a carência dele e de magoar o outro cara, que é um fofo, aliás. Não sei o que fazer.

Meu corpo: não me aceito, tô comendo normal e da última vez que me pesei estava com 47 kg, mas estou entrando nas roupas da minha irmã de 10 anos e usando 34 e isso não parece suficiente. Tá todo mundo me falando que tô magra demais, parecendo uma lagartixa, uma lombriga, doente e etc, mas sabe, foda-se, não vou engordar pra agradar ninguém.

Eu fumei um pouco esses dias e tô com medo de me viciar porque sempre dá vontade, então, vou tentar controlar antes que seja muito tarde.

Minha descobriu que eu fumava, nem preciso dizer que deu merda e vários dias/semanas de encheção de saco.

Bjos, borboletas. Estava com saudades desse espaço <3