Páginas

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Always dying, not a smile, such a waste

Há muito tempo não me sentia assim e, quando digo isso, me refiro a tristeza e foco.

Bom, ambos estão maiores, consegui comer menos de alguns dias pra cá, e estou caminhando para 21 horas de NF minha meta é 40h, mas eu vou estragar , porém, tenho me sentido triste, não houve um dia em que eu não chorei, deixei de fazer os cupcakes, na minha cidade não tem água nem pra lavar a louça e tenho que ficar tomando banho de balde, estou totalmente sem dinheiro, e tenho tratado mal todo mundo que eu amo, eu não queria fazer isso, mas é tão involuntário.

Hoje, meu namorado foi almoçar com umas amigas dele, ele disse que elas queriam me conhecer e eu já tinha dito que não ia e não fui. Eu sei o porque que eu não fui, mas estou em dúvida, não quero admitir que tenha sido mais que o simples fato de estar me sentindo um lixo maior que o normal e que possa ser ciúmes, eu não quero, não pode ser isso, eu não sou assim. Mas é que elas são tão lindas e eu sou essa merda andante que só queria ser levada pela água da descarga.

Passei o dia lendo e pensando se ia encontrar com eles ou não, na verdade, vi eles de longe umas duas vezes, na segunda meu namorado ficou gritando meu nome, enquanto as amiguinhas dele riam, e eu saí correndo falando que estava atrasada, mas não, eu só não queria ficar com eles, eu ia estragar, porque eu estou uma merda e meu rosto está uma merda (pra quem não sabe, eu tenho acne pra caralho), e não fui, não sei se me arrependo, bom, estou mantendo meu NF e vi 48,4 kg na balança, não me arrependo, nem disso, nem dos risquinhos vermelhos recentes no meu pulso, definitivamente não me arrependo.

Eu passei o dia inteiro ontem procurando técnicas de acabar com a acne, dietas, vitaminas, vendo preço de isotretinoína, eu queria muito tomar, mas todo mundo me julga, fala que minha acne não é tanta assim, que não precisa e que dá depressão e eu vou me matar porque já tenho depressão, e eu só queria falar que eu sinceramente não dou a mínima se eu morrer ou não, eu só queria ser bonita uma vez na vida, eu daria qualquer coisa, faria pacto com o satã, venderia meus órgãos, qualquer coisa.

Eu estou indo na psicóloga tem uns 6 meses já, eu não gosto dela, sérião, só piorei com ela, ela fica me fazendo perguntas que se eu soubesse a porra da resposta ou como resolver, eu não estaria lá. Mas enfim, a gente passa por isso, ela me encaminhou pro psiquiatra, e considerando que eu perdi peso e voltei a me cortar, vão me tacar antidepressivo de novo.

Eu devia ter guardado e guardar pra mim toda a minha desgraça, ter cortado lugares que as pessoas não pudessem ver, mas eu não consigo eu preciso ver e sentir os cortes e o sangue e o braço é uma região do corpo que me proporciona isso. Não consigo deixar de compartilhar com o meu namorado o quanto eu me odeio e o quanto ele é louco e deveria ir viver a vida dele direito com alguém de verdade, uma pessoa bonita, com boas ideias, facilidade de comunicação, talento, alta, magra, branca, loira de cabelo liso e que tivesse amor e gosto pelas coisas, porque eu só vou ficar mais triste, eu só queria morrer sem sentir culpa, sem ter feito promessas que eu não consigo cumprir, pra ele, pra minha mãe, pro meu pai, pros meus avós e pra mim mesma.

Tem doído muito acordar de manhã e ter que me olhar no espelho, às vezes é melhor nem tomar banho que ter que me ver nua, meu reflexo nos vidros dos carros na rua só me lembra como eu queria estar sangrando com a cabeça esfarelada debaixo das rodas de um deles se bem que isso seria exposição demais, as pessoas me olhariam, mesmo morta, eu ia passar vergonha, como sempre.

Enfim, eu deveria ficar menos tempo longe daqui, assim não escreveria esses textões. Desculpe a quem leu. Desejo uma boa semana.

Kaya <3




6 comentários:

  1. Se tem um motivo pelo qual entrei nesse meu mundo horrendo, com certeza não foi por causa dos pensamentos alheios, mas sim porque EU me acho um desastre. As pessoas tem direito de achar o que quiserem sobre mim, tanto que nem escondo meus cortes. Mande todos e opinioes alheias se ferrarem.
    Pense assim: se seu namorado não te amasse, não estaria com voce. Muito pelo contrario, te evitaria e teria ido embora na primeira oportunidade. Se ele tivesse te abandonado eu te aconselharia: esqueça-o. Mas ele não te abandonou, então te digo: tente aproveitar momentos ao lado dele, afinal ele parece se importar com voce (e outra: ele esta com voce nao com outra. Se deixar de acompanhá-lo, ele pode interpretar de outra maneira). Fazendo assim, voce estara se esquecendo de seus problemas, mesmo que só por uns momentos.
    Estipule metas e cuide-se: corte o cabelo, passe maquiagem e faça as unhas. Quanto às espinhas, já experimentou a linha effaclar? Funciona muito bem para mim... Faça isso por voce e não pelos outros. Se não gosta de psicologos não vá. Tambem os detesto e as perguntas promovem mais uma autodestruiçao do que autoajuda.
    E não se culpe pelo texto grande, pode contar conosco para tudo :)
    Beijo e se cuida, garota!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo apoio. Também não entrei nesse mundo por causa dos outros, só que toda vez que eu vejo alguém, eu me sinto mal, porque todo mundo sempre parece melhor que eu em todos os sentidos, e também não escondo meus cortes, mas é que eles geram conflitos com a família e com o namorado que sente que não me faz feliz, eu já expliquei pra ele, mas ele se sente mal; eu só não queria parecer frágil aos olhos dos outros, às vezes sinto que sentem pena de mim, sabe? Mas enfim, acontece, eu estava em um dia péssimo ontem, mas já melhorou um pouco, eu acho. Só queria que a água voltasse pra eu poder tomar um banho decente e fazer uma hidratação, me sentir menos nojenta.

      Obrigada, mesmo. Percebi que não tinha seguido seu blog, mas agora já estou seguindo. Força pra gente *-* beijos

      Excluir
  2. Linda voce precisa trabalhar essa autoestima. Sinta-se vitoriosa pelo NF, não é qualquer pessoa que consegue, você suporta coisas pra conseguir o que você quer. Isso é característica de pessoas com força de vontade. Isso é potencial. E você já tá transformando esse potencial em ação, rumo à magreza que deseja.
    Quanto às amigas do namorado, você não é obrigada a gostar delas. Se você não quer conhecê-las, que fodam-se. Mas não se sinta inferiorizada, isso é criação exclusiva da sua cabeça. Crie coisas melhores kkk.
    Vamos lá, acne: lavagem TODA HORA QUE VOCE PUDER(min 3x/dia) com sabonete liquido(pq resseca mais) é suficiente pra acne leve. Dieta vc já tá fazendo, mas tenha em mente: esqueça alimentos oleosos. :P Também tenho acne leve, e minha pele melhorou bastante com isso. Em casa eu também esfrego com uma buchinha MUITO FORTE pra tirar a pele velha, a oleosidade etc rs. Roacutan acho tenso se vc ja tem ideação suicida.
    Ah, e não desconte sua tristeza nos outros, se tiver com vontade de dar uma patada em alguém, apenas acabe a conversação e saia de perto, ou fique quieta/abstraia/pensa numa musica/olha pela janela/qq coisa. Piorar relações sociais só atrapalha.
    Parei de ir na psicologa porque minhas sessoes tinham virado apenas um bate papo entre amigas e pra isso eu nao preciso ficar pagando ne? Mas reconheco que quando comecei a frequentar me ajudou a entender coisas que eu costumava negar para mim mesma e o simples fato de verbalizar me ajudou a parar de somatizar(eu desmaiava em certas situações de estresse emocional). Psiquiatra e antidepressivo não é tão ruim, eu virei uma monge budista nos primeiros meses de antidepressivo. Depois eu acho que parou de fazer grandes efeitos :( Mas as pessoas acham que ta funcionando, elas acham que eu tou menos surtada depois do antidepressivo rs.
    Isso aí de ficar se menosprezando pro namorado, de duas uma: ou ele é dessas pessoas que se atraem por meninas problematicas/suicidas/loucas(sim, existem esses caras! sindrome de heroi ou pura morbidez sei la) ou então você vai acabar convencendo ele de que você não vale a pena! Ambos prognosticos são ruins, então pare de advogar pro diabo rs.
    Ufa, acho que era isso, escrevi pacas tb :P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Alie. Trabalhar autoestima não é nada fácil, ainda mais porque fui mal na prova de ontem e quebrei meu NF.

      Eu não consigo me cuidar direito, não sou independente, dependo do dinheiro dos meus pais, e não gosto de ficar pedindo pra comprar essas coisas e a gente sabe que cosméticos e cremes de tratamento bons são caros. Roacutan também é caro, e sei que faz mal, meu namorado ficou muito mal quando tomou (a gente não namorava ainda), ele interrompeu o tratamento depois que tomou 5 de uma vez, mas o resultado quando toma direito e tals parece coisa de jesus haha. Minha acne não é leve, acho que é nível II, a dermatologista nunca classificou, ela só disse que tem gente pior e pra eu parar de frescura, disse mesma coisa sobre as estrias.

      Sobre socialização, eu melhorei depois que fiz fono, eu sou gaga, e gaguejava muito mais, melhorou, mas ainda dói muito. Nunca cheguei a desmaiar em situações assim, só me cortei depois mesmo e fiquei chorando.

      Eu tento não dar patada nas pessoas, na verdade, o que eu faço com frequência é não falar o motivo do meu choro e falar "não estou bem, se afasta de mim", mas sei lá, isso também machuca as pessoas, pelo que percebo, entretanto é um direito meu não querer compartilhar algo ou precisar ficar sozinha um pouco, mas eu dou patada também, depois explico e peço desculpa.

      Já tomei antidepressivo, mas era bem leve, sertralina, disseram que eu melhorei, mas eu parei de ir no psiquiatra e perdi a receita e não tomava direito, e sei lá, não acredito muito no potencial desses remédios, mas talvez seja porque eu não usei direito.

      Sobre meu namorado, eu tento convencer ele que não sou a pessoa certa pra ele há um ano e meio quase, e ele fica se menosprezando, ele fala: "eu sou tudo o que você odeia em você, eu sou gordo, gosto de comer, não ligo pra nota, nem pra vestibular, tenho acne e mando todo mundo a merda" (ele não é gordo e é lindo, e não ligar pra nota, nem pra peso e mandar todo mundo a merda é uma qualidade enorme que eu admiro).

      Nossa, escrevi muito de novo.

      Obrigada por me ajudar. Bjos ^-^

      Que sabonete você usa? Algum próprio pra acne ou de glicerina mesmo?


      Excluir
    2. o importante é não ser em barra, ser liquido. O em barra deixa o rosto mais oleoso, o liquido resseca e isso é bom pra quem tem oleosidade aumentada (:
      se a dermato falou que era frescura é porque não deve ser grave mesmo, e nao precisa apelar pra remedios caros, e sobrecarregar seus pais etc.

      da parte social fala q ta tudo bem, pra nao chatear ninguem e pronto .-. … ou entao se a pessoa ficar insistindo fala q so precisa de um tempo sozinha para refletir, pra pessoa nao ficar se sentindo no dever de fazer algo e por isso ficar aporrinhando :P

      antidepressivos funcionam, mas nao sao nenhum milagre, especialmente sozinhos, sem resolver as causas básicas dos conflitos…

      quanto ao boy acho engraçado isso, também prefiro um cara com pancinha do que um neurótico por dieta que nem eu hahaha

      Excluir
    3. Ah, entendi, eu comprava em barra antes, vou testar usar um líquido, até porque sempre achei o em barra meio nojento hahaha e nesses tempos sem água é pior ainda.

      Eu não consigo não chorar na frente das pessoas, é horrível, elas sempre me perguntam porque, eu sempre não respondo e elas me deixam em paz, mas ficam tristes comigo :C

      A médica me receitou um antidepressivo hoje, paroxetina, mas li que engorda, estou morrendo de medo.

      E sobre o boy, acho que se ele fosse neurótico com dieta seria mais fácil não comer porque a gente ia se fortalecer nisso juntos, mas não gostaria de vê-lo que nem eu, e a comida afetando-o como me afeta, prefiro ele nem magrelo, nem gordo, e comendo e ficando feliz, tá maravilhoso.

      Excluir