Untitled

Eu sinto cada vez mais falta do que minhas pequenas vitórias com a Ana me faziam sentir, uma súbita sensação de algo semelhante a utilidade, era bom.

Tenho me sentido mal comigo, como se fosse novidade, mas tipo, eu tenho pessoas perto de mim, e sinto o amor delas, e as amo, e fico mal, não entendo o porquê, eu não deveria ficar mal, é injusto com elas, principalmente com ele.

Eu fico nessa maldita oscilação de humor, quase sempre no meio termo, é como um gráfico, geralmente fico no (0;0), mas então meu humor tem picos na parte positiva e na negativa, e sei lá, isso é normal, mas eu me sinto sozinha, fraca, sem o mínimo de esperança e querendo muito que passe, mas sei que isso não é só comigo, não mesmo.

Eu sinto falta do meu escape. Minhas cicatrizes estão sempre aqui pra me lembrar como aquilo me deixava melhor. Hoje em dia, nem sei se faz, eu continuo chorando, mas a sensação continua sendo agradável.

Sinto falta do meu baixo IMC, dos meus 45 kg, me dizem que é errado, mas por que algo que me faz bem é errado? Como pode ser se me faz bem?

Sei lá, às vezes eu fico assim e sabem, eu estou cansada de cansar as pessoas comigo e meus problemas inúteis, eu tenho tanta coisa, não deveria sentir, mesmo que às vezes, como se não tivesse nada, é horrível e egoísta da minha parte.

Enfim, eu falo, falo, falo, mas como toda inútil de respeito, nunca faço nem consigo nada, e vou ficar nessa pra sempre, nada nunca estará bom, eu nunca estarei bem, eu sei, eu me conformo, eu preciso me conformar.

Aliás, hoje descobri que tenho as medidas de uma modelo plus size. Tomara que parem de encher meu saco falando que eu sou magra, quando não sou, agora que sabem que tenho medidas king super fat plus size.

Ah, sempre acabo por sair do foco desse blog, que era meu corpo em si, mas sei lá, acho que a mente está totalmente ligada ao corpo e tal. Mas..., enfim, eu acho que cresci 1 cm, mas não tenho certeza e da última vez que me pesei (domingo a noite), estava com 51,1 kg. É isso. Até mais.







Comentários

  1. Querida... a vida é sua e vc é quem sabe o que faz dela. faça o que te deixa feliz e bem... assim consegue agradar a vc que é a principal pessoa da sua vida!! volta pra contar mais pra gente.... juntas somos mais fortes!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Carol. Com certeza juntas somos mais fortes e desculpe pela demora, eu sempre me distancio do blog, mas é só voltar o foco que eu volto também. Bjos *-*

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Gorda Baleia Saco de Areia

Fluoxetina

Sdds Money