Desconfiada

Eu estou desconfiada que a minha mãe descofia (ou tem certeza) que eu estou nesse mundo Ana.

Não, eu acho que ela tem certeza, um dia a gente estava conversando e ela disse que eu deixo de viver por obsessões idiotas, que ser bonita. se sentir bem, é importante, mas isso se tornou o único objetivo da minha vida, que estou correndo atrás de uma doença, que eu deveria saber que tem até maquiagem para deixar as modelos mais magras e apagar manchas (como estrias), e para piorar tudo ontem eu estava assistindo um programa, Tabu: Beleza no National Geographic que falava de coisas dolorosas ou absurdas que as pessoas faziam para ficarem bonitas, daí eu estava assistindo um rapaz asiático que ia fazer uma mudança facial, para ficar definitivamente com cara de mulher e ela começou a assistir também, então eles começaram a falar de anorexia, e teve uma entrevista com aquela modelo francesa, Isabelle Caro, que morreu em 2010; e falaram dos sites pró-ana; e do que a mídia e o mundo da moda fazem com as mulheres, eles vendem um padrão de beleza e fazem quem não estiver nele, sentir-se errado, feio e/ou gordo; e etc. E minha mãe perguntou se era daquele jeito que eu queria ficar, e eu disse que não, e que os dois extremos são feios, tanto a obesidade mórbida, como a Anorexia avançada. (Mas na minha sincera opinião a Obesidade extrema é bem pior que a Anorexia extrema, eu prefiro a Isabelle Caro a mulher de meia tonelada, Renee Williams, na verdade, sei lá, os dois lados são tristes, eu admiro as pessoas que conseguem ter esperança, mesmo estando totalmente fodidas)

Na verdade aquela magreza me assusta e eu já pensei em ter menos de 40 kg, até menos de 30, mas depois de repensar a minha vida, não, eu não quero isso, isso não é bonito, eu quero apenas ser magra, me sentir bem, mas ter disposição para fazer as coisas, não ossos que andam, e ter a saúde de uma mulher de mais 70 anos, eu sei que ninguém quer isso, mas chega um certo momento em que a pessoa já não é mais ela, ela é a anorexia, mas eu não quero ser isso, nunca, é triste demais.

Falando de mim agora, ontem fui na casa da minha avó, e eu fui tratada como se nada tivesse acontecido, e foi bom. Só que quando minha avó foi levar minha irmã e eu em casa, ela ficou um tempo conversando com a minha mãe, e era sobre mim, mas eu não faço ideia do que exatamente elas estavam falando.

Sobre minha lista de metas, ontem, eu passei menos tempo no computador e deixei de assistir TV para arrumar a casa, e poder sair, mas deixar tudo arrumado antes de a minha chegar, já é um avanço, né?

Mas comi mais de 2.000 cal, porque fui na casa da minha avó e ela me encheu de queijo com goiabada, felizmente (nesse caso), foram apenas 100 calorias a mais, e hoje vou me controlar.

Agora (daqui a pouco), vou levantar a bunda daqui, almoçar, arrumar a casa, fazer exercícios e depois quero ir numa loja ver um celular mais ou menos e barato, porque o meu já não tem mais condições haha.

 Até mais, bjos.

Isabelle Caro

Renee Williams
 

 P.s.: Ambas morreram, Renee, aos 29 anos, em 2007, e Isabelle, aos 28 anos, em 2010.









Comentários

  1. Quando eu realmente tinha a Anna na minha vida minha mãe desconfiava bastante. A ponto de que deixei a Anna de lado, e hoje estou aqui. Engordei quase 20kg. Tô uma obesa, não saio de casa. Só faço comer. Horrível. Não desista da Anna, JAMAIS. Tô te seguindo, dá uma olhada no meu blog. Beijinhos. STAY STRONG.

    ResponderExcluir
  2. Nao sei os dois sao terrivelmente horriveis ... mais acho que morrer com fome eh pior ...
    Nao acho a magreza extrema bonita pelo contrario, e a obsidade morbida muito pior ainda so imagno o caixão mais ...
    A cada dia vc diminui nem que seja um pouco de kcal mais diminui, isso eh bom.
    Eh ja esta conquistando uma meta, parabens
    Beijos gata continui firme.

    P.S aqui em casa tbe estao desconfiando, desfarsando ao maximo.

    ResponderExcluir
  3. Sei o que é isso. Minha mãe tbm esta nessa! =/ A ultima crise, ela gritava e dizia que se eu passasse mal de fome ela nao ia mover um dedo pra me ajudar... Mas depois ela me forçou a comer tipo muito! o que foi horrivel! E agora estao todos me vigiando aqui em casa... Se puder, disfarce ao máximo, não deixem saberem... é melhor mais fácil! Nao desanime! Força, Foco e Fé!
    Beijo <3

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Sdds Money

Gorda Baleia Saco de Areia

Era uma vez... A GORDA FRACASSADA