Páginas

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

I'm a LOSER

Oi, pessoas, como vão?

Eu poderia enrolar, como sempre e falar de como estou mal e me odeio, mas eu mesma já estou cansada de mim e dos meus posts, então, apenas uma coisa: Fracassei! (sério? novidade, sua escrota bolota de gordura)

Resumo:
*25/01 - O dia do meu último post, eu disse que se eu não passasse de 1200 kcal, já seria uma conquista, consegui comer 1055 kcal nesse dia.
**26/01 - Fui na casa da minha avó, comi como, nem sei descrever, um ser não pensante que parecia nunca ter visto comida na vida (detalhes adicionais, mais de 2000, para ser mais exata, quase 3000) /
Encapei meus caderninhos \o/
***27/01 - 15 horas de NF, depois comi quase 2000 kcal, e me enchi de coca zero, #daoraavida Peso:50,8 kg, um pouco antes de comer o mundo

Hojeee, 28/01, volta às aulas, ensino médio, fudidaço, sono, mal-estar, tremedeira, dor de cabeça.
Ia fazer a Dieta Perdida, com as meninas do grupo, mas jaquei. Alimentação de Hoje:

1 iakult (50)
1 bombom suflair (68)
Salada de alface, pepino, tomate e cenoura (30)
3/5 de uma banana (52) <<(200)>>

O grande problema:
1,5 pães e 1 bolacha cream cracker, ambos com requeijão (195+25+130 = 350)
1 copo de suco natural de acerola com açúcar (60)
1 club social (120)

Já tinha fudido tudo mesmo, estava com fome, aí essa foi a minha janta:
1 maçã (70)
2 bolachas cream cracker (45)
1 picolé pequeno de acerola (35) <<(680)>>

Tá, é isso, por hoje, eu queria continuar o desafio, mas sei que não vou conseguir, não estou no clima, as aulas voltaram, eu passei muito mal hoje, tive uma dor de cabeça do capeta e tontura, então acho que não é momento, mas também, é porque eu sou fraca, quem sabe um dia eu me torno forte e competente o suficiente, para fazer um desafio de apenas uma semana, como este.

 Agora vou dar um lidinha na apostila de Geografia para me sentir útil, e assistir AHR. Beijins *-*

Caderno 1


Caderno 2





Mamãe que comprou


"Eu não me importo mais em viver
Quando nasci apenas para morrer
Todos nós nascemos para morrer
Nascemos para morrer"
 
(End Of Days - Bullet For My Valentine)





sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

My life = a shame

Oi, como vão?

Estive meio ausente daqui e dos grupos, porque sei lá, estou sem ânimo, com vergonha, estagnada com meu peso oscilando entre 51 e 51,5 kg. Vou fazer aquele resuminho, que se torna resumão, geralmente haha.

18/01- Minhas amigas vieram em casa, fiz uma faxina antes de elas chegarem. Elas nem obrigaram a comer, mas eu me entupi de pipoca, tomei suco de acerola e refrigerante, comi duas fatias de pizza, 2 paçoquinhas, e chocolate meio amargo. Uma delas dormiu em casa. Conversamos bastante.
19/01 - Fui para chácara dela, ficamos comendo, dormindo, no computador e conversando, na verdade mais dormindo do que tudo. Tomei refrigerante também :/
20/01 - Ainda na chácara, as duas cansadas, depressivas e sem nada mais para falar, dormi muuuito.
21/01- Caminhada de 1h10min, 1200 kcal no dia. Peso: 51 kg.
22/01- Caminhada de 1h, compulsão, menos de 2000 kcal. Peso: 51,4 kg.
23/01 - Não caminhei. Compulsão, mais de 2000 kcal. Me cortei depois de 14 dias sem o fazer.

***24/01 - Já tinha comido pra caralho, tipo P-R-A--- C-A-R-A-L-H-O, 1425 kcal. Caminhei por duas horas (estou com uma bolha no calcanhar :/) e me pesei em 3 balanças, a 1ª deu 51,3 kg, a 2ª (que aliás era da mesma rede de farmácias da 1ª) deu 55 kg, e a 3ª deu 51,05 kg. Me cortei na rua, quando não tinha ninguém, claro, já era mais de 20h30min, foi tão bom, o sangue escorrendo, foi o único momento em que eu parei um pouco de pensar em qualquer coisa. Cheguei em casa e comi pra caralho de novo, 2 iogurtes, 2 club social, 1 fatia grossa de melão, 4 tic tacs (460). Total do dia: 1885 kcal. AFF.

Ontem, minha mãe disse que eu estava mais calma, que o remédio que eu estou tomando agora é melhor que o outro, porque ela não me viu chorar esses dias, e eu realmente não tenho chorado, eu acredito que seja por causa da caminhada e porque eu me cortei; sei lá.

(Ultimamente, caminhar tem sido torturante, eu gosto, é bom, mas minha mente fica vazia e eu penso em muitas coisas, em sua maioria ruim, e não consigo controlar minha mente, mudar de pensamento)

Hoje ou amanhã, vou encapar meus cadernos, aí eu posto as fotos aqui.

E se eu não passar de 1200 kcal hoje, já será uma grande conquista, quero voltar com 50 kg às aulas, sim, essas malditas voltam dia 28, e eu não fiz nada as férias inteiras, não fiz os exercícios da fono, não estudei violino, não dei uma olhada sequer nas apostilas velhas da escola, para começar o ano bem lembrada das coisas; estou triste, sinto que esse ano vai ser pior que o ano passado, o ensino médio vai ser fudidaço, estou cada vez mais triste e sem esperança em qualquer coisa, mas fazer o que, preciso tirar ânimo de algum lugar e me organizar para fazer as coisas que eu preciso fazer, e ser mais feliz. Já que me matar têm sido um dilema, eu penso muito na morte, no quão maravilhosa ela pode ser, e é, mas penso na minha família, nas minhas amigas, no que minha mãe me disse. estou constantemente em luta dentro de mim, em relação a muitas questões, questões filosóficas, questões suicidas, questões fúteis, questões cotidianas, e questões éticas.

Quero continuar a ler "A Menina que Roubava Livros", estava amando o livro, mas não tenho ânimo, minha casa me deixa assim, minha irmã, não sei bem. Essas férias foram as piores férias da minha vida, acho que foi porque minha mãe trabalhou e tive que ficar com a minha irmã, o dia inteiro, contra a minha vontade, mas para ajudar a minha mãe. Na verdade, caminho para ficar um pouco longe de casa, e das pessoas que lá moram, porque elas me estressam e nem sei bem porquê.

Estou assistindo American Horror Story, curti a 1ª temporada, só não sei se curti o final, mas é muito boa, estou in love com o Evan Peters. Vou terminar de assistir a 2ª temporada até o fim férias. Faltam 10 episódios.

Queria ir para São Paulo hoje, vão haver vários shows lá, porque hoje é aniversário da cidade #chateada. Maaas, como não vai dar, pois minha mãe é escrava do sistema e está trabalhando, vou lavar o quintal e arrumar as camas daqui a pouco, e fazer almoço, até mais, beijos. *-*

P.s.: Eu acho que tem algumas pessoas que me seguem e eu não sigo, então, qualquer coisa, deixem o link aí nos comentários.

Tate/Evan <3 (véi, tô muito in love)

A Baleia Assassina

Meu escape



"Não sou eu?
Pegue uma semente
Deixe-me cortar
Suas asas sujas
Deixe-me dar uma volta
Corte-se
Quer ajuda?
Agrade-me"
 
POLLY - NIRVANA

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

"Erros devem ser apagados" (Eu sou um erro)

Oi, estou triste hoje, mais do que o normal. E também estive triste ontem. Não lembro o último dia em que não chorei ou não quis morrer.

Não me controlei muito bem na casa da minha amiga, comi 2 coxinhas, umas delas, minha amiga literalmente enfiou na minha boca, 1 salgadinho assado de frango, 1 copinho de brigairo, e 1 pedaço de bolo que a mãe da minha amiga deu na minha mão, fiquei meio assim de recusar, mas não comi inteiro. Cheguei em casa e comi panettone e iogurte

Hoje me entupi de mcfritas no shopping, e ainda vi uma menina que me humilhou só de estar no mesmo espaço que eu, porque ela era magra, alta e linda, e eu sou essa coisa, essa criatura meio humana, feia, baixa, gorda e mal-arrumada.

Ontem caiu um temporal aqui na minha cidade, e eu estava na rua, fiquei encharcada e ainda caí em público, foi horrível, quis morrer, pensei que seria melhor ter caído pro lado da rua e não da calçada, porque, pelo menos, um carro poderia amassar a minha cabeça e me apagar de vez. Andei por 3 horas.

Pelo menos, antes de ontem, ontem, e, acho que, hoje vou terminar a conta não passaram de 2000 cal, e eu não tomo refrigerante há um tempinho, e oportunidade não faltou. Pelo menos isso. Continuo triste.

Sinto como se... eu fosse um erro e fosse minha obrigação me apagar, afinal, é o que se faz com os erros, a gente apaga eles, tenta esquecê-los, não é?

Eu sou inútil, todos estão cansados de mim, das minhas frescuras, inclusive eu.

Peso ontem:
-antes de tomar chuva: 51 kg
-depois de tomar chuva: 51,2 kg

Peso hoje:
-antes de almoçar: 50,6 kg
-depois do almoço e do arroz doce da minha vó: 51,1 kg

Texto de 8 de janeiro:
"Estou cansada, cansada de decepcionar as pessoas, minha mãe, eu; cansada de ser essa inútil. Eu apenas imagino uma arma na minha cabeça, no meio da minha testa, e, então o gatilho é puxado, e eu me liberto, me liberto de toda essa merda, de toda essa merda que eu sou. Mas eu sei, eu admito, uma arma é dramática demais; então outro pensamento povoa minha mente, eu jogada no chão, junto a uma poça de sangue, sangue este, que escorre do meu pulso, porque eu cortei tão fundo que atingi um tendão, e eu sangro e observo cada milílitro que sai, imagino, observo, sangro, observo, fecho os olhos, me liberto..."

Texto de 10 de janeiro:
" "Cortem os meus pulsos, e deixem-me sangrar;
Atirem-me na água, e deixem-me afogar;
Joguem-me no fogo, e ouçam-me gritar;
Explodam minha cabeça, e eu vou libertar."

(Pensamentos que passam pela minha cabeça, e eu preciso escrevê-los)"


Texto de 12 de janeiro:
 Escrevi a mão, mas passei pra cá, porque tentei tirar foto mas ficou péssima. 
"Morrer me parece tão fácil, algo tão pacífico e a cada dia mais atraente e que, ao mesmo tempo, tem me dado medo.
Não posso mentir, dizer que isso não passa pela minha cabeça, todo dia, pelo menos uma vez. Não posso dizer que estou bem, aliás, não queria fingir estar, mas é o jeito mais fácil, já que quero evitar perguntas e mágoas; não queria deixar as pessoas que amo trister ou preocupadas. Sim, eu me sinto culpada; Sim eu ainda quero cortes novos e frescos no meu braço; mas, sim, eu quero parar de me cortar, eu quero ser feliz, mas me deixa muito triste saber que estou tão longe da minha felicidade, pois vou sempre ser eu, e, eu posso até emagrecer, eu sei que posso, mas há coisas que nunca vão mudar, nunca, e isso me angustia, me deixa arrasada, sem esperança, na vida, em mim.
Eu preciso me ajudar, mas ao mesmo tempo, eu quero e não quero melhorar, eu quero viver para evitar uma situação para as pessoas que vivem ao meu redor, não por minha causa, e, isso não é bom. Só queria me sentir menos culpada, por tudo.
Não aguento mais.
'FORTE/VAZIA/MAGRA' "


Texto de 17 (hoje) de janeiro:
Oi. Como vão??

Da hora ir no shopping e ver uma garota alta, magra e linda, dizendo que precisa engordar, que quer engordar, mas não consegue; a única coisa em que eu conseguia pensar era em dizer:

"Ei, você gostaria de cuspir na minha cara e me chamar de gorda? Ou melhor, por que eu não deito no chão, e você me chuta e me pisoteia, mas, por favor, faz isso com muita força, para eu sangrar bastante por dentro e por fora, quem sabe a minha gordura não sai junto, né?"

(Tirei essa foto. Está horrível, mas é a única que consegui)


 "Ela está sozinha novamente,

Limpando as lágrimas de seus olhos.

Alguns dias ela sente como se estivesse morrendo.

Ela está tão enjoada de chorar."
(Extraordinary Girl - Green Day)





terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Era uma vez... A GORDA FRACASSADA

Oi, tudo bem? Eu sou a gorda fracassada, aquela que comeu mais de 2000 calorias por mais de 7 dias seguidos, aquela que deve estar com no mínimo 52 kg, aquela que tem chorado todos os dias, aquela que já não aguenta mais.

Dia 8/01 - Minha avó nem veio em casa, mas eu ataquei bolo e macarrão, vergonha de mim.
Dia 9/01 - Acordei e ataquei bolo. Fui na casa da minha avó, torta, sanduíche e refrigerante, dormi lá porque ela havia marcado psicóloga para mim. Peso: 51,6 kg.
Dia 10/01 - Acordei e comi pão e leite com chocolate. Fui na psicóloga, contei muita coisa para ela, talvez até coisa demais, mas eu precisava contar, falar, desabafar, chorar, e minha avó pagou 80 reais na consulta, o mínimo que eu poderia fazer é tentar melhorar. Depois almocei. Quando cheguei em casa ataquei o armário e a geladeira.
Dia 11/01 - Fui na casa da minha amiga, tomamos sorvete à tarde. Peso: Eu nem tinha fracassado tanto, mas minha pediu pizza, conclusão, 2 fatias de pizza = + 1000 calorias no total do dia.
Dia 12/01 - Tomei café com a minha mãe, chocotone e cappuccino. Fui para São Paulo.

Os estragos de São Paulo nem foram  tão grandes, passaram de 2000 porque minha avó me obrigava a comer, e eu não queria que ela pensasse que eu estou com problemas.

Estou tomando uns remédinhos para amenizar minha ansiedade, não senti nenhuma diferença ainda, choro, quero morrer, quero me cortar, sei lá.

Dia 12, quando minha mãe foi  me acordar, ela se deitou comigo na cama e me abraçou

(Silêncio)
Mãe: Filha, por que você quer morrer?
Eu: Porque eu não gosto de mim.
Mãe: Você é tão egoísta, eu gosto tanto de você (chorando).
Eu: Me desculpa (chorando).
Mãe: Por favor pára com isso, não faz nada de mal contra você não, eu sei que não tenho te falado com frequência, mas eu já te disse, sem você eu não seria o que eu sou hoje, pára com isso, se você desaparecer, eu não sei o que vai acontecer comigo, eu vou desabar, por favor. Me desculpa ter te batido aquele dia (o dia que eu tomei vários comprimidos).
Eu: Não fiquei magoada com você, eu prometo nunca mais fazer aquilo, eu prometo.

(Queria não ter prometido)

Queria não ter uma mãe, uma família e amigas tão maravilhosas. Sinto-me pior.

É só isso, vou me pesar hoje, comecei uma dieta que eu planejei, mas tenho o aniversário de uma das minhas melhores amigas, e a chuva também melou meus exercícios, fora que tenho várias coisas para fazer.

Vou seguir a dieta normal, e só vou fazer a caminhada mesmo. E me controlar na casa da minha amiga.

Bjos, depois passo aqui com mais tempo, posto umas fotos que tirei hoje, e uns textos que tenho escrito, muito parecidos aliás, isto tem me cansado.


Fiz hoje minha bonequinha:


http://www.modelmydiet.com/






terça-feira, 8 de janeiro de 2013

645 calorias

Essa foi a minha alimentação ontem, 07 de janeiro de 2012, menor número de calorias no ano, por enquanto.

Não estudei violino, não fiz exercícios, passei o dia na internet, depois dobrei umas roupas, arrumei as camas, e arrumei a cozinha, apenas.

Fui no cinema, assisti "As Aventuras de Pi", o filme não me fez acreditar em Deus haha, mas tenho que admitir que é lindo e que eu quase chorei em uma parte. Minha irmã estava comendo pipoca e tomando coca do meu lado, e eu não peguei uma sequer. Depois comi comida chinesa (um pouco de frango xadrez, e muita salada) e tomei aquarius (contradizendo minha meta de não tomar refrigerante, mas pelo menos me encheu).

Vi uma menina muito magra lá, tipo, muito magra mesmo, perfeita, e ela ainda era mais alta que eu :(; somado ao fato de a minha mãe ter ficado estressadinha e a minha irmã ter feito frescurinha, e eu estar com 51.2 kg, isso estragou o passeio, mas foda-se isso também.

Hoje a tarde minha avó virá em casa e eu vou ter que tomar café com ela. Meta: Não passar de 1200 cal.

Thinspo:


Eu, pagando mico:

"Como lembranças em uma decadência fria,
Transmissões ecoando longe,
Longe do mundo, de você e eu,
Onde os oceanos sangram em direção ao céu.
Levante-me, deixe-me ir"
(The Catalyst - Linkin Park) 

Edit (11:50):
E adivinhem? A gorda escrota teve compulsão de madrugada (456), pelo menos o número de calorias diminui a cada compulsão e não acordei com fome. Almoço: sopa (135) / Janta: maçã e melão (75) - Total: 666 kcal vixe, olha o kapiroto nas calorias /Café da Tarde com a vó: Não sei, mas provavelmente não vai ser bom para o meu peso, geralmente ela traz pão, pão doce, bolacha, tô fudidassa, mas, vamos ver. Não posso passar de 1200 kcal.

(Dor na perna quando ando :/)



segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

:(

Triste, apenas.

Não fiz a inscrição no festival de música da minha cidade, mas não quero chegar lá no meio do dia, ter que conversar, explicar. E vou ter que levar a minha irmã também. E não estudei nada desde que as férias começaram.

Mas não ir, está me fazendo se sentir muito inútil e somada a compulsão de ontem, as lâminas guardadas na minha gaveta estão gritando. Muito alto.


(Postei isso no face e depois me cortei, apenas 3 pequenos cortes, que podem ser cobertos com 1 band-aid, queria mais cortes, mais fundos, mas amanhã vou encontrar a minha avó, e como minha mãe contou para ela, não posso cortar mais.)

Comi muito ontem, muito mesmo, nem sei o quanto comi, pus tudo a perder, como sempre. E brigadeiro e mousse de limão ainda povoavam meu cérebro, dormi chorando e ouvindo músicas felizes. Dei uns 150 pulos com corda e fiz 35 polichinelos, daí fui dormir. Hoje, a meta é 600 cal, vamos ver se consigo. Por enquanto comi 170 cal, mas tem sopão pronto em casa, e tem baixa caloria, então, acho que vou conseguir.

Estou muito desanimada, mas hoje, eu vou estudar violino, porque quero me sentir menos inútil, e quero fazer pelo menos 1 hora de exercícios. 

Vou lá fazer algo de útil. Eu poderia participar do festival, mas aí tenho que estar lá antes do meio-dia, e vou ter que levar a minha irmã, fora que a casa está uma bagunça, e vou ter que fazer audição, e.. eu não quero fazer audição, não estudei por mais de um mês, eu só queria poder dormir as férias inteiras, dormir a vida inteira e depois morrer, sei lá.

Beijos, princesas <3

Meu divo, amo ele, sério. Mas já fui mais obcecada por ele.

(O tumblr que eu fiz uma vez - http://deppdeeply.tumblr.com)






domingo, 6 de janeiro de 2013

Yeah (só q não)

Bom, cumpri minha promessa, comi 94 calorias quando cheguei das 1 h 50 min de exercícios que eu fiz, incluindo uns 25 min de bicicleta, 40 min de vôlei (ou, no meu caso, correr atrás da bola), 10 min de basquete sozinha, 35 min de vários exercícios, incluindo alongamento e 50 abdominais. Enquanto todos em casa comiam sanduíches de patê de atum com salada, eu comia minha humilde maçã. E tive a oportunidade de tomar coca zero e dispensei.

E... não comi de madrugada, eu fiz um bolo de chocolate às 2 horas da madrugada, tomei banho, passei meus malditos cremes, e dormi; mas comi bolo agora de manhã, e um sanduíche, vou queimar mais tarde, nem que seja um pouco, tomar muita água, e chá verde com limão à tarde, e me controlar nas calorias.

Quero muito me pesar hoje de novo, mas acho que só vou na terça, porque não quero voltar à obsessão de me pesar todo dia, para isso eu precisaria ter uma balança em casa né. Fora que quando você fica longos períodos, tipo meia semana ou 1 semana, sem se pesar é melhor, eu acho.

Beijos florzinhas.

CONTROLE!!!

Thinspo:



Meu bolo gay/feliz/gordo:






sábado, 5 de janeiro de 2013

Aff...

Pois é, eu, como sempre, tive compulsão de madrugada, 465 kcal.

Tomei lax, mas descobri que tinha menstruado, conclusão: A PIOR CÓLICA DA MINHA VIDA!!!

Nem fui na casa da minha avó, mas já ultrapassei 1000, comi:

Café: 1 copo de suco de soja de uva (100)
          4 bolachas cream cracker (78)
Almoço: 1 copo de leite com nescau (194)
               3 fatias finas de melão (100)
Café da tarde: 1/2 copo de suco de soja de uva (50)
                        1 goiabinha (90)
Desnecessariamente Desnecessário:
1 pão com margarina (210)
1/2 pão com goiabada (170)
4 carolinas (170) - eu adoro, ainda me segurei, poderia comer o pacote inteiro, como sou nojenta!
130 ml de leite com nescau (120)
1 bolacha de maizena (19)

Total: 1301+465 (da madrugada) = 1766 cal

Quando for 19:15 mais ou menos, minha mãe vai sair para fazer exercícios, e eu vou junto, quero suar que nem uma porca, que é o que eu sou. Quando voltar, vou comer 1 maçã pequena (54), 1 ameixa seca (20) e 1 bolacha cream cracker (20) (por causa do sódio que a gente perde no suor) - 94 cal + 1766 = Um total de 1860 kcal no dia, é muuuuito, eu sei, mas pelo menos, eu vendo o lado bom está dentro da minha meta de NUNCA passar de 2.000 kcal.

Mas aconteceu uma coisa legal hoje, que eu já consegui estragar comendo, com certeza, aliás, uma não, duas: 1ª. Fui a pé para o centro da cidade, vi um celular da hora lá, me pesei (50,5 kg) e voltei para casa (a pé); voltei para o centro a pé e comprei o celular :), 2ª. me pesei de novo na mesma balança, 49,9 kg uhuuuu. Tá, mas chega de felicidade. porque eu já fodi tudo. Voltei de ônibus para a casa mesmo, porque o sol estava do capeta e eu já estava cansada.

Hoje é uma promessa que eu faço aqui, NÃO COMEREI DE MADRUGADA!!! Eu prometo à mim e à vocês que lêem.

Pensei tanto em uma coca zero hoje, estava tão calor, mas me controlei e estou me refrescando com a melhor coisa do mundo, água gelada.

Flores, até mais, Bjos!!!

Minha pança menos inchada por causa do lax.

Felice Fawn, ou Perfeição, dá na mesma.
 








sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

900

Hoje, minha meta era 900 cal, e eu consegui.

Mas mudei a janta que tinha feito no plano do último post, comi:

10 amendoins com pimenta (65)
1 bolacha negresco (44)
60 ml de suco de soja light (16)
2 bolachas de água e sal (40)

Total: 165 cal + 735 cal = 900 cal, no dia.

Não fiz duas horas de exercícios, não estava afim de sair de casa, então fiz 100 polichinelos+60 abdominais+50 agachamentos+20 flexões+alongamento.

Também não fiz tudo o que disse que ia fazer, eu lavei o quintal e a louça, dobrei toda a roupa, mas guardei metade, limpei o balcão, a mesa e fogão, e varri o chão; faltou passar pano, limpar as escadas e tirar o pó da sala.

Amanhã, talvez eu vá na casa da minha avó, então, se eu for, minha meta é não passar de 2000 cal, mas se eu não for, minha meta é não passar de 1000 cal.

Bom, é isso. Até amanhã. Bjos.




Raiva!!!

Ai, sabem quando olham a foto de uma thinspo e querem cortar os pulsos. Senti isso ontem, mas tão forte, tão forte, eu chorei muito, fiquei com muita raiva dela, e principalmente de mim. Ai, quis tanto me cortar, mas eu não quero mais cicatrizes, e eles estão ficando cada vez mais fundos, não, eu não podia fazer isso, não. Então, eu não me cortei.

Deu 00:00, e eu comi, 3 goiabinhas (270), 1 iogurte (90), 1 pit stop light (104) e umas 30 g de queijo com goiabada (85) - Estrago Total = 549 cal

Fiquei com mais raiva ainda, não fiz os execícios, não comecei a ler o livro, me senti uma bosta, muito lixosa, escrota, baleia, ahhh, por que eu não morro? Não poupo o mundo da minha existência maldita?? Que raivaaaa!!

Fui dormir era 01h30min e acordei 12h00min, almocei:
1,5 colheres de arroz (55)
1 colher de feijão (20)
Salada de folhas e pepino (15))
90 ml de suco de soja light (23)
Total: 113 cal

Meu plano é:
*Café da tarde: 1 maçã pequena (53) e 1 ameixa seca (20)
**Janta (com a mãe): 2 colheres de arroz (70) e 2 colheres de feijão (40)
           Salada (20) e 100 ml de suco de soja light (25)
Total: 228 cal

Total do dia: 890 cal

Eu vou conseguir. Eu não vou comer. Eu não vou mais ser essa obesa. Eu vou sair dessa bosta desse notebook, arrumar as camas, dobrar e guardar as roupas, lavar o quintal, varrer as escadas, tirar o pó da sala, lavar a louça, limpar o balcão, o fogão e a mesa da cozinha, varrer e passar pano no chão; tudo isso, antes da minha mãe chegar.

É isso. Bjos. Até mais.

(Essa é a garota, ela mora na minha cidade, nunca falei com ela, ou a vi pessoalmente, mas pelas fotos do face dela, ela parece ser legal. E ela se tornou minha nova thinspo.)


quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Droga!

Como estou diminuindo gradativamente as calorias, para voltar às dietas mais rigorosas de menos calorias, hoje eu ia comer 1200 cal, e estava tudo indo bem ia dar 20h00 quando eu jantei - a minha janta, 4 bolachas de maizena (75), 4 acerolas (20), e ameixa seca (20), Total: 115 cal -, e o total do dia seria 1165 cal, mas aí...

Mãe: Vem jantar filha
Eu: Não, obrigada.
Mãe: Sai daí e vem jantar, por favor.

Eu não estava a fim de discutir, nem ver ela com cara de bosta, então comi:
2 colheres de arroz (70)
1,5 colheres de feijão (30)
1 colher de frango com farofa (100)
Salada de folhas e pepino (20) - preenchi o resto do prato
1/2 copo de suco de acerola - natural, com açúcar (50)

Total: 270 cal, então hoje eu comi, 1435 fucking calorias.

Não sei meu peso, estou morrendo de medo de me pesar, acho que só vou na 2ª feira, tomara que dê no máximo 51 kg.

Hoje não fiz exercícios, não estava bem para sair de casa,  vou fazer uns agachamentos e uns polichinelos só para limpar a consciência. Quero começar a ler um livro hoje, antes de dormir, acho que vou ler "A Outra Face", do Sidney Sheldon.

Amanhã a meta é 900 cal + 2 horas de exercícios + tomar mais água. Vamoquevamo!!!

Bjos. Boa Noite. Força para nós amanhã.






Desconfiada

Eu estou desconfiada que a minha mãe descofia (ou tem certeza) que eu estou nesse mundo Ana.

Não, eu acho que ela tem certeza, um dia a gente estava conversando e ela disse que eu deixo de viver por obsessões idiotas, que ser bonita. se sentir bem, é importante, mas isso se tornou o único objetivo da minha vida, que estou correndo atrás de uma doença, que eu deveria saber que tem até maquiagem para deixar as modelos mais magras e apagar manchas (como estrias), e para piorar tudo ontem eu estava assistindo um programa, Tabu: Beleza no National Geographic que falava de coisas dolorosas ou absurdas que as pessoas faziam para ficarem bonitas, daí eu estava assistindo um rapaz asiático que ia fazer uma mudança facial, para ficar definitivamente com cara de mulher e ela começou a assistir também, então eles começaram a falar de anorexia, e teve uma entrevista com aquela modelo francesa, Isabelle Caro, que morreu em 2010; e falaram dos sites pró-ana; e do que a mídia e o mundo da moda fazem com as mulheres, eles vendem um padrão de beleza e fazem quem não estiver nele, sentir-se errado, feio e/ou gordo; e etc. E minha mãe perguntou se era daquele jeito que eu queria ficar, e eu disse que não, e que os dois extremos são feios, tanto a obesidade mórbida, como a Anorexia avançada. (Mas na minha sincera opinião a Obesidade extrema é bem pior que a Anorexia extrema, eu prefiro a Isabelle Caro a mulher de meia tonelada, Renee Williams, na verdade, sei lá, os dois lados são tristes, eu admiro as pessoas que conseguem ter esperança, mesmo estando totalmente fodidas)

Na verdade aquela magreza me assusta e eu já pensei em ter menos de 40 kg, até menos de 30, mas depois de repensar a minha vida, não, eu não quero isso, isso não é bonito, eu quero apenas ser magra, me sentir bem, mas ter disposição para fazer as coisas, não ossos que andam, e ter a saúde de uma mulher de mais 70 anos, eu sei que ninguém quer isso, mas chega um certo momento em que a pessoa já não é mais ela, ela é a anorexia, mas eu não quero ser isso, nunca, é triste demais.

Falando de mim agora, ontem fui na casa da minha avó, e eu fui tratada como se nada tivesse acontecido, e foi bom. Só que quando minha avó foi levar minha irmã e eu em casa, ela ficou um tempo conversando com a minha mãe, e era sobre mim, mas eu não faço ideia do que exatamente elas estavam falando.

Sobre minha lista de metas, ontem, eu passei menos tempo no computador e deixei de assistir TV para arrumar a casa, e poder sair, mas deixar tudo arrumado antes de a minha chegar, já é um avanço, né?

Mas comi mais de 2.000 cal, porque fui na casa da minha avó e ela me encheu de queijo com goiabada, felizmente (nesse caso), foram apenas 100 calorias a mais, e hoje vou me controlar.

Agora (daqui a pouco), vou levantar a bunda daqui, almoçar, arrumar a casa, fazer exercícios e depois quero ir numa loja ver um celular mais ou menos e barato, porque o meu já não tem mais condições haha.

 Até mais, bjos.

Isabelle Caro

Renee Williams
 

 P.s.: Ambas morreram, Renee, aos 29 anos, em 2007, e Isabelle, aos 28 anos, em 2010.









terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Ano Novo = Comida como se o mundo fosse acabar e não o ano

Feliz Ano Novo gatas inspiradoras da minha vida!!!

Ok. Depois daqueles comprimidos idiotas, eu confiei na minha mãe e contei pra ela o que tinha feito. Ela surtou bateu muito na minha irmã (minha irmã tinha me chamado de gorda naquele dia e minha mãe achou que isso tinha a ver, porque eu sou louca) e depois bateu muito em mim e me expulsou de casa, estava chovendo e eu estava com um chinelo só, então ela me mandou subir e pegar meu outro chinelo e mandou o namorado dela me levar na casa da minha avó para ela e o meu avô me levarem para o hospital, não precisou fazer lavagem e nada, porque, como eu já havia dito, eram remédios normais, o médico queria que eu ficasse lá em observação, porque o fato de eu ter feito isso pensando em morrer, já era algo grave, mas eu não fiquei lá não, fui para a casa da minha avó, tomei um banho e dormi. Eu só tive tremedeira, calafrio, alucinação, e apaguei algumas vezes, eu tipo durmia e sonhava com coisas nada ver e acordava, via uns insetos e uns vultos, e teve uma hora que ouvi tipo, sei lá, parecia o satã falando haha. Levantei umas 4 vezes durante a noite para ir no banheiro, mas acrodei mais vezes que isso.

No dia seguinte, meu pai falou comigo, disse a mesma coisa que minha mãe havia dito, que eu não tinha motivo para isso e etc. Minha mãe passou na casa da minha avó e nós fomos para São Paulo, minha avó me obrigou a tomar um copo de leite antes de sair. Depois minha mãe me obrigou a almoçar na casa da tia. E depois comi chocotone e bife com salada de pura gula. O tempo que não estava comendo, estava dormindo por causa do Dramin. Mas felizmente, o estrago desse dia não passou de 2.000 cal; diferente de hoje e ontem mas foda-se.

Me pesei ontem, estava com 52 kg, mas com certeza isso já mudou porque hoje comi demais.

Chorei muito hoje, estava pensando em mim, pensando que daqui pouco mais de 4 meses eu faço 15 anos e improvável que eu cresça mais 5 ou 6 cm até o fim do meu período de crescimento, e que mesmo que eu esteja magra, eu nunca vou me aceitar. Pensando nas coisas que minha mãe me disse, sobre eu ser idiota, sobre eu decepcionar ela, sobre ela achar que eu era mais inteligente, menos fútil, sobre o que minhas obsessões e neuras têm feito com a nossa relação. Pensando na Ana, no que ela faz comigo; não que eu tenha sido infinitamente feliz e me achado maravilhosa antes de conhecê-la, mas sim, eu era menos triste, e o fato de não me preocupar com peso ou altura, me fazia me achar feia, mas não um caso totalmente de perdido.

Tenho tido vergonha da minha existência, mais do que nunca, odeio que me digam que eu sou linda, que estou bem, que meu corpo está bom, porque é tudo mentira, e eu odeio que me digam coisas, quando eu sei que a verdade é exatamente o contrário.

Mas foda-se, foda-se, e foda-se.

Hoje pensei que eu mereço viver, porque viver é difícil, eu mereço ser humilhada todos os dias da minha maldita vida, pois qualquer um é mais bonito que eu, e eu consigo ver beleza em todo mundo, tipo todo mundo mesmo, para mim, ninguém além de mim é feio, porque mesmo um mendigo cachaçado e acabado, tem algo que mais bonito que eu. Eu mereço pagar o preço por ter nascido, por ter sido um erro, ah, e quantas vezes eu pensei que eu deveria morrer e não a minha irma gêmea, e eu penso isso há muito tempo, tipo muito tempo, e eu até já me senti culpada pela morte dela quando era criança, mesmo que ela tenha falecido quando tínhamos apenas 2 meses de vida, porque minha mãe dizia que como eu sempre fui uma morta de fome, eu comia toda a comida  mesmo na barriga
 dela e minha irmã não comia, então ela nasceu fraquinha, ah, sei lá haha.

Enfim, já falei muita bosta, e comecei o ano com compulsão. Estou cansada da "minha vida Ana" que tem se resumido em dieta um, dois, três dias, compulsão, compulsão e compulsão, NF frustado, compulsão. Então, como eu não parar de crescer, vou parar com dietas Anas, não quero mais miar, porque sei que isso me fode por dentro, e decidi que minha meta será 48 ou 47 kg, não mais 43.

Minhas metas para esse ano:

1. Parar de gaguejar, e para isso terei que me esforçar no tratamento
2. Aprender a tocar violão 
3. Me dedicar mais ao violino
4. Aprender a desenhar direito
5. Tirar no mínimo 6 em qualquer prova, mas me esforçar sempre para um 10.
6. Ser mais responsável
7. Ser menos chata e grossa
8. Saber esconder melhor minha tristeza
9. Não tomar mais que um copo de refrigerante por mês, mas evitar como o diabo, evita a cruz
10. Parar de comer doces e salgados e frituras e kapirotos, e talvez até aprender a não gostar deles.
11. Aprender a costurar
12. Nunca mais comer mais de 2.000 cal
13. Comer entre 600 e 1200 cal
14. Me exercitar
15. Fazer direito meu tratamento de estrias e cravos e espinhas
16. Aprender a fazer minha unha
17. Ler muito
18. Ler/assistir mais jornal, para me manter informada, não me alienar
19. Assistir menos televisão e passar menos tempo na internet
20. Colaborar com a minha mãe em casa, e com todos os meus familiares e amigos no que for preciso
21. Não miar e não fracassar nos NF's.
22. Cuidar melhor do meu cabelo, porque ele tá uma palha
23. Dar um jeito de ganhar dinheiro
24. Tentar dormir direito haha
25. CRESCER (quero muuuito, mas não depende tanto de mim) e IMC= (no máximo)17,5

26. Ganhar na mega da virada desse ano haha

Tá, é meio totalmente impossível, mas sei lá, eu anotei tudo o que talvez me faria me sentir melhor comigo, eu disse, me sentir melhor, não me amar ou me aceitar, porque isso nunca vai acontecer.

Eu li esse post e achei ele meio felizinho, porque tem uma lista de metas idiota que pessoas que fingem que são felizes fazem e etc, mas foda-se.

Como vocês perceberam o FODA-SE foi ligado por mim hoje.

Até mais. Bjos *-*

Minha Deusa



Minhas pernas obesas (Foto de ontem, com 52 kg)